No. 4

Curso Bíblico Postal Cristadelfiano

VENHA O TEU REINO

<>LEITURAS SEMANAIS - Génesis, capítulos 12 a 14
                                        Lucas,
capítulos 11 a 14.

LEITURAS PARA ESTE ESTUDO - 1 Crónicas, capítulo 29.



"Venha o Teu reino. Faça-se a Tua vontade, assim na terra como no céu".



Quantas vezes você disse estas palavras, ou ouviu dizê-las? Elas fazem parte da oração que Jesus ensinou aos Seus discípulos. Você pode lê-Ias em Lucas, capítulo 11, versículos 2 a 4. Conhecemos muito bem estas palavras -- porém, sabemos exactamente o que elas significam?

Olhe para elas outra vez. Elas são uma oração para que o Reino de Deus venha, e que a Sua vontade seja feita nesta terra, como é sempre feita no céu. Assim, percebemos imediatamente que o Reino pelo qual devemos orar, estará aqui mesmo na terra. E quando o Reino de Deus vier, então os homens e as mulheres farão a Sua vontade.



HOUVE UMA VEZ EM QUE HAVIA

UM REINO DE DEUS NA TERRA



Você sabe que milhares de anos atrás, o Reino de Deus realmente existiu na terra? Abra a sua Bíblia em 1 Crónicas, capítulo 29, e leia o versículo 1, e depois os versiculos 10 a 13, notando especialmente o versïculo 11, que diz:

"Teu, Senhor, é o Reino, e tu te exaltaste por chefe sobre todos."

O Reino mencionado, como você verá ao ler o capítulo todo, é o Reino de Israel, na terra de Israel. Agora leia o versículo 23:

"Salomão assentou-se no trono do Senhor, rei, em lugar de Davi, seu pai."

O trono sobre o qual Davi se assentara, e sobre o qual o seu filho Salomão se assentou depois dele, estava em Jerusalém, a cidade princi­pal da terra de Israel. E o reino sobre o qual ele reinou era o Reino de Israel.

Por que é que o Reino de Israel é chamado Reino de Deus, e por que o seu trono é chamado "trono do Senhor"? É porque o próprio Deus dera aquele Reino aos israelitas; Ele havia escolhido Jerusalém como capital (1 Reis, capítulo 11, versículo 13); Ele havia dado as leis pelas quais o Reino devia ser governado (você os encontrará na Bíblia, nos livros de Levítico, Números e Deuteronómio); e o Rei que estava governando reinava para Deus.

O REINO DE DEUS DESTRUIDO

Centenas de anos se passaram. Um rei após outro reinou sobre Israel, em Jerusalém. Alguns eram bons reis, governando no temor de Deus, e outros eram maus.

Por fim chegou um dia quando a nação de Israel se desviou tanto dos caminhos de Deus, e o rei que governava em Jerusalém era tão ímpio, que Deus disse que o reino não continuaria mais.

Leia Ezequiel, capítulo 21, versículos 25-27, especialmente o versículo 27, que diz:

"Ruina! ruína! A ruínas a reduzirei, e ela já não será, até que venha aquele a quem ela pertence de direito; a ele a darei" (darei Israel).



AQUELE A QUEM ELA PERTENCE DE DIREITO

Podemos deduzir dos versículos em Ezequiel, que Aquele que havia de vir tinha um "direito" ao trono do Reino de Deus - Ele era o herdeiro -- e Deus iria dar-Lhe o Reino.

Desde o dia em que o último rei foi tirado do trono, até o dia de hoje, nunca mais houve um rei israelita reinando em Jerusalém.

Mas abra a sua Bíblia em Lucas, capitulo 1, versículos 31-33, e leia as palavras faladas a Maria, a mãe de Jesus, pelo anjo que apareceu a ela. Falando de Jesus, o anjo diz:

"Este será grande e será chamado Filho do Altíssimo; Deus, o Senhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai."

Quem é que tem direito ao trono do Reino de Deus? Ora, Jesus, Filho de Deus, indubitavelmente. De fato Ele tem um duplo direito, porque a Sua mãe, Maria, descendia do grande Rei Davi.

Jesus declarou ser Rei. Por ocasião do Seu julgamento, quando Pilatos lhe perguntou:

"Logo tu és Rei?", Ele respondeu:

"Tu dizes que sou Rei" (João, capítulo 18, versículo 37). Esta era a maneira judaica de dizer: "Sim, eu sou."

Sobre a cruz em que Ele foi crucificado, escreveu-se: "ESTE E JESUS, O REI DOS JUDEUS" (Mateus, capítulo 27, versículo 37). Os Seus inimigos pretendiam zombar dEle, mas o que eles disseram era verdade.

O Evangelho que Jesus pregou era as boas novas do Reino de Deus. (Evangelho significa simplesmente `boas novas'.) Em Lucas, capítulo 8, versículo 1, lemos que

"Andava Jesus de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregan­do e anunciando o evangelho do reino de Deus."

Agora você sabe porque é que Jesus vai voltar. Ele vai voltar para estabelecer de novo o Reino de Deus.



O REINO E NÓS


Talvez você pense: "Por que é, então, que devemos orar: `Venha o Teu Reino"? Se é um Reino Israelita, o que isso tem a ver connosco`?

Você aprenderá, à medida que estes estudos continuarem, que o Reino sobre o qual Jesus governará vai estender-se muito além do primeiro Reino de Deus - de fato, ele se estenderá por toda a terra, e propiciará paz para todas as pessoas.

Assim, nós oramos "Venha o Teu Reino". E nós oramos também para que quando Jesus volte, possa dizer-nos:

"Vinde, benditos de meu Pai! entrai na posse do Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo"

(Mateus, capítulo 25, versículo 34).



VEJA COMO CADA PARTE DA BIBLIA AJUDA A EXPLICAR AS OUTRAS PARTES

Agora já aprendemos:

1. Que uma vez existiu um Reino de Deus na terra de Israel.

2. Que Deus deu fim àquele Reino, mas prometeu restaurá-lo para o seu legitimo Herdeiro.

3. Que esse Herdeiro é Jesus, e Ele vai assentar-se no trono de Davi em Jerusalém, reinando sobre os israelitas para sempre.

4. Que todos os fiéis participarão das bênçãos do Reino.